Bahiatursa quer transformar o São João da Bahia em festa nacional Vai Bahia

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

População de Nazaré no Recôncavo baiano mantem vida tradição que exercem à mais de 150 anos.


Depois do novenário é chegado o dia 16 de agosto, hoje teve procissão pela manha bem cedo, e as 10:00 aconteceu a tão esperada grandiosa missa festiva em homenagem ao glorioso São Roque.


A tarde outra procissão maior ainda percorrem as ruas de quase toda a cidade e sempre quando tem uma pessoa doente a organização para o andor e visita a família, dessa forma a tarde vai embora e a procissão só recolhe pelo um terço da noite, um grande motivo para explicar tudo isso é que a imagem de São Roque veio trazida para Nazaré numa ocasião que a população nazarena naquela época estava sofrendo por uma doença muito grave, e depois disso a população sarou e os seus devotos mantem viva essa tradição de louvor, assim conta os devotos, primeiro Deus na pessoa de Nosso Senhor Jesus Cristo e depois é São Roque que roga por nós. 

Neste dia 16 de agosto a cidade de Nazaré recebe sempre um grande numero de visitantes devotos da capital baiana e de toda região do Recôncavo, para que tudo der certo, a equipe organizadora trabalha muito e tudo acontecem na mais perfeita ordem, entretanto os agradecimentos se faz necessário, o padre Edésio pároco da paroquia de Nossa Senhora de Nazaré entre os agradecimentos destaca com grande importância o apoio da prefeitura de Nazaré, destacou ainda um grande feito pelo poder publico que foi a retirada das barracas de bebidas alcoólicas que fazia muito barulho e não respeitava a liberdade de culto da igreja, as barracas foram recolocadas em outra área para que os seus proprietários possa aproveitar da ocasião e ganhar lucro para seu sustento, também foi incluido um pequeno palco musical  para que todos tenha a opção de se divertir conforme seus hábitos.

Padre Almiro Rezende falou que tanto em Nazaré quanto outras cidades São Roque é sempre bem festejado, a exemplo de Mutuípe que a devoção a São Roque foi levado de Nazaré, tembém em São Miguel das Matas adotou a devoção a São Roque e em Amargosa também presta homenagens ao glorioso são Roque, conforme tudo isso é sempre uma satisfação participar desses homenagens disse Almiro.

Padre Edésio disse ainda que foi muito satisfatório os resultados dos festejos este ano, além da participação de outros padres dá região esteve presente também, Dom Valdemir Ferreira bispo da Diocese de Amargosa. e quanto as expectativas que as vezes se supera outras vezes não é natural desse Edésio, o mais importante é a qualidade dos nossos fieis.  Veja mais fotos    

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

O roteiro proporciona cultura e gastronomia, além de um passeio pelas belezas da Bahia.
Na Bahia, “Terra da Felicidade”, acolhidos em Salvador, visitar uma Nazaré, Terra Morena, que não é só das “farinhas”; entre cerâmicas de Maragojipinho e a Maria Fumaça, tem um Jesus Cristo do tamanho da fé de seu povo. Depois o sol nas Salinas, que dizem ser da Margarida, acompanhado de muitos mariscos ao dendê de Saubara, descortina-se uma Itaparica ao longo da Kirymurê – Baía de Todos-os-Santos.

Descritivo do Itinerário
1º dia – Salvador
Chegada a Salvador - Dia livre.
Opcional: By night tour – Salvador iluminada: Barra, Dique, Centro Histórico – Balé Folclórico – Teatro Miguel Santana (apresentação de maculelê, puxada de rede e dos orixás da cultura afro). Jantar opcional em restaurantes típicos da cidade. Pernoite em Salvador.
2º dia – Salvador
Tour Histórico
Farol da Barra "limite geográfico da Baía de Todos-os-Santos com o Oceano Atlântico" (parada). Porto da Barra, Largo e Igreja da Vitória, Museu Carlos Costa Pinto, Praça Dois de Julho, Teatro Castro Alves, Forte de São Pedro, Palácio da Aclamação, Colégio e Igreja das Mercês, Praça da Piedade, Praça Castro Alves, Rua e Igreja D’Ajuda, Praça da Sé, Terreiro de Jesus, Catedral Basílica (visita), Ordem Terceira de São Domingos, Largo do Pelourinho, Fundação Casa de Jorge Amado, Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos (visita), Igreja e Museu do Carmo (visita), Ordem Terceira de São Francisco (visita)
Almoço.
Elevador Lacerda (descer), Comércio, Forte de S. Marcelo (visita e tour de Caravela Quinhentista), Largo da Calçada, Igreja de Nossa Senhora dos Mares, Saveiro Club, Ribeira, Igreja de Nossa Senhora da Penha, Igreja do Bonfim (parada), Forte de Monte Serrat (parada), Praia da Boa Viagem, Memorial Irmã Dulce (visita), Mercado Modelo (parada para compras).  Pernoite em Salvador.
3º dia – Salvador- Nazaré
Saída para Nazaré, em catamarã ou lancha, no Terminal Marítimo, ou ferry boat, no Terminal de São Joaquim. Chegada a Bom Despacho/Itaparica. Embarque para Nazaré (terrestre). Chegada a Nazaré. Walking tour pela cidade, Igreja de São Roque. Capela Nossa Senhora de Nazaré. Prédio dos Arcos. Paço Municipal. Igreja Matriz. Cine Rio Branco. Estação Ferroviária. Maria Fumaça. Ponte da Conceição e Igreja. Visita ao Engenho Senhor do Bonfim ou Engenho de Baixo.
Almoço.
Visita ao Morro do Silêncio: Jesus, Memorial, Capela, Via Sacra.
Visita ao Alambique Carioca.
Saída para Aratuípe para visita às olarias. Saída para Salinas.
Chegada a Salinas. Jantar no hotel.
By night por Salinas da Margarida.
Pernoite em Salinas da Margarida.
4º dia – Salinas-Itaparica-Salvador
Passeio de barco: Conceição de Salinas, Barra do Paraguaçu e Bom Jesus dos Pobres; parada para banho e tira-gostos nas barracas e marisqueiras (opcional). Saída para Itaparica. Almoço na Marina de Itaparica.city tour em Itaparica: Fortaleza e Igreja de S.Lourenço, Praça dos Tamarineiros. Saída de Itaparica para Bom Despacho.
Retorno e pernoite em Salvador.

5º dia – SalvadorDia livre (dia de embarque).
Obs: Este roteiro pode ser intgralmente comercializado (5 dias e 4 noites) ou em partes (1, 2, 3 e 4 dias), tendo também a opção somente atrativos Salvador, Nazaré, Salinas-Saubara e Itaparica.

segunda-feira, 30 de julho de 2018

Dia 29 de Setembro de 2018 no Centro Cultural em Santo Antônio de Jesus 18:00 esperando você!

Onde você estava no dia 13 de Abril de 1996? Naquele dia, no Centro Cultural, aconteceu a primeira edição do Concurso feminino e em 1999 passou a contar com desfile feminino e masculino.
E lá se vão 21 anos desse evento Cultural que combate diretamente o racismo através da valorização da estética e da cultura em Santo Antônio de Jesus, Nazaré, Valença e Salvador.

Para comemorar os 21 anos do evento, que acontecerá dia 29 de Setembro, o produtor cultural Adão Andrade resolveu fazer o desfile no mesmo Teatro onde surgiu em 1996, o Centro Cultural que hoje foi entregue pela atual gestão com a instalação da energia elétrica. O evento também começará bem mais cedo do que nos anos anteriores, às 18:00 com previsão de término para as 21:30h.

O evento também será muito mais afro esse ano, com a presença da dançarina soteropolitana Gisele Soares A Deusa do Ébano do Ilê Aiyê 2017 - do POETA COM P DE PRETO Rilton Júnior, também de Salvador e música com um grupo de músicos de Santo Antônio de Jesus 4 VOZES & 1 CORDA que gravaram o Hino de Adão (a nova música do Pérolas Negras)  e grupo de dança BALLET DO FUTURO, além do momento mais esperado que é o desfile dos candidatos aos títulos, com o tema Baile Preto e Branco. Os ingressos estarão à venda na loja Roupa Nova.
Mais informações... Produção(75) 8857-4051.

terça-feira, 3 de julho de 2018

Diferente das edições anteriores, quando a programação era divulgada aos poucos, este ano, as atrações principais foram anunciadas de uma só vez

Ivete Sangalo se apresenta pela primeira vez no Festival de Inverno Bahia, em Conquista
 
Ivete Sangalo, RPM, Blitz, Fernando e Sorocaba, O Rappa, Frejat, Ana Carolina, Humberto Gessinger e Jota Quest são os principais nomes do 11º  Festival de Inverno da Bahia (FIB), em Vitória da Conquista, localizada no Centro-Sul baiano, a 509 km de Salvador. Diferente das edições anteriores, quando a programação era divulgada aos poucos, este ano, as atrações principais foram anunciadas de uma só vez, ontem.
 
O evento acontece nos dias 28, 29 e 30 de agosto, no Parque de Exposições Teopompo de Almeida. E os ingressos já podem ser adquiridos no Point do Ingresso, na Central do Ingresso e através do site o evento (www.festivaldeinvernobahia.com.br).

Esta é a primeira vez que Ivete Sangalo se apresenta no Festival. Também estreiam no evento as bandas  Blitz e RPM - esta comandada por Paulo Ricardo, um dos jurados do programa Superstar, da Globo/ TV Bahia. Outra novidade é a dupla sertaneja Fernando e Sorocaba, também estreante na festa.
Ana Carolina leva seu romantismo ao evento.
Considerado um patrimônio da cidade de Vitória da Conquista, o FIB se tornou um espaço de celebração que incentiva e estimula diversas áreas do entretenimento. “Sempre tem um espaço de gastronomia, onde estimulamos a culinária de Inverno, com fondues, cachaçarias e massas”, afirmou Carol Viana, coordenadora de marketing do festival. “Além do Palco Principal, a gente tem ainda o Barracão Universitário Fainor e a Tenda de Música Eletrônica, que este ano vai ser diferente, porque vamos intercalar shows de rock com os DJ’s”, contou.

Realizado pela iContent, em parceria com a TV Sudoeste, ambas empresas da Rede Bahia, o Festival de Inverno da Bahia já realizou, desde 2005, mais de 300 shows e é o maior festival de música do interior do Nordeste. Atrações como Lulu Santos, O Rappa, Arnaldo Antunes, Maria Rita, Luiza Possi, Pitty, Jorge Ben Jor, Claudia Leitte, Biquini Cavadão, Diogo Nogueira, Titãs, Mallu Magalhães e Lenine subiram nos três palcos que são montados no Parque de Exposições e fizeram mais de 200 horas de festa. Em 2014, o FIB recebeu no palco principal nomes como Gilberto Gil, Luan Santana, Skank, Natiruts e Capital Inicial.
Comandada pelo cantor Paulo Ricardo, a banda RPM é outra novidade no festival baiano.
correio24horas.com.br

segunda-feira, 2 de julho de 2018

Principal evento cívico do povo baiano, o tradicional cortejo do 2 de Julho transcorreu em ritmo intenso este ano, por conta das expectativas em torno de jogo entre Brasil e México pela Copa do Mundo, nesta segunda-feira, às 11 horas. A disputa esportiva, no entanto, reforçou o clima de patriotismo que o evento comemorativo da Independência da Bahia desperta, com as cores verde e amarelo marcando presença entre a multidão que acompanhava o cortejo do Largo da Lapinha ao Centro Histórico. Todos os rituais de praxe foram cumpridos em ritmo acelerado para que os torcedores pudessem acompanhar a partida de futebol em tempo hábil: o hasteamento de bandeiras com a participação de autoridades, a execução de hinos, a queima de fogos em homenagem aos heróis da independência e o desfile com fanfarras, filarmônicas e grupos de manifestantes. “A tradição do 2 de Julho é uma parte importante da história e da cultura da Bahia que é muito atraente para os turistas”, afirmou o secretário estadual do Turismo, José Alves, que participou das comemorações nesta manhã. De fato, o espetáculo enche os olhos de nativos e turistas que circulam pelo entorno do cortejo na data maior do calendário cívico baiano. Nas imediações do trajeto, principalmente no Largo do Pelourinho, era possível ver turistas admirando-se com o colorido e o fervor da festa cívica. “É muito bonito o desfile, além de ser importante pela valorização da cultura brasileira e o resgate da nossa história”, disse a paulistana Elisângela Escribano França, que circulava de verde e amarelo. Ao lado, a filha Giovana mostrou-se maravilhada com a energia da terra que estava começando a conhecer: “O axé da Bahia é tudo”. Para o francês Yoann Juhel, também recém-chegado a Salvador, o que chamava a atenção era a diversidade cultural que só se vê na Bahia. “Aqui parece que é festa para todo o lado, tem Santo Antônio, São João, São Pedro e agora este desfile do 2 de Julho. É uma festa diferente, aqui eu consigo ver grupos de candomblé, capoeira e percussão afro-brasileira, vou aprender mais sobre esta terra”. Repórter: Eduardo Bastos. setur.ba.gov.br

domingo, 1 de julho de 2018

Beleza Negra e  Multirracial na Bahia com Adão Andrade!


Foi realizado na tarde dese domingo 1º de Julho/18, no Centro Cultural Plataforma, Salvador Bahia, mais uma edição do Concurso Pérolas Negras, Evento contou com várias personalidades de moda e  um público de boa qualidade cultural.

A encantadora Deusa do Ébano Gisele Soares, dançou lindamente presenteando os protagonistas e convidados do belíssimo evento,

A comissão julgadora foi composta por Gisele Soares "Deusa do Ébano",  Edson, Mister Multirracial.  Paula, modelo. Isaque, Mister Bahia. Vinny Vasconcellus, Scouter. Evanilson, coreógrafo. Shirley Lemos, empresária e produtora de moda. Zay Araújo, Mister Multirracial. e Wander Charles, produtor de moda.


promoter  Adão Andrade, dançou junto com o grupo Balé do Futuro a coreografia da música oficial do Pérolas Negras O Hino de Adão ( composição que homenageia os 21 anos do Pérolas Negras )e os candidatos ao título vestidos de preto e branco deram um show à parte, assim como os modelos convidados da tarde: a Pérola Negra de Santo Antônio de Jesus Ranna Cerqueira, o Melhor Corpo Janilton, a Pérola Negra Briana, o Mister Revelação Edson, o Mister Multirracial Daniel e o Mister Elias, além do casal Pérolas Negras de Salvador do ano anterior Cláudio e Rosane....show de beleza negra e multirracial.

Foram eleitos
MISS SIMPATIA:  Tainara Souza Santos, moradora de Patamares, 17 anos
MISS REVELAÇÃO : Jéssica Assis Santos, 20 anos, moradora de Águas Claras
MISTER SIMPATIA: João Vitor Santos Silva, 15 anos, morador do Rio Sena
MISTER MULTIRRACIAL: Luís Henrique Silva, 19 anos, morador de Plataforma
MISS PÉROLA NEGRA: Mariane dos Santos Silva , 19 anos, Jardim Nova Esperança
MISTER PÉROLA NEGRA: Rique Ramos de Jesus Cruz , 18 anos, Plataforma

Com apresentação de  Adan Nascimento, tornou o evento bem mais animado, e teve emoção, choro e alegrias, durante a escolha do jurado através dos voto aberto ao público, proferido da forma oral, consolidando a transparência do concurso.
O fundador e diretor dos Concursos Pérolas Negras, Adão Andrade parabenizou a todos os candidatos que participaram do evento, em geral agradeceu também a quem trabalhou, apoiou e assistiu com grande estilo, desta forma abrilhantaram o evento. Veja mais fotos  E facebook.com/vaibahia.br


segunda-feira, 25 de junho de 2018

Elba Ramalho levanta público com grandes sucessos no Pelourinho

Principal atração deste domingo (24), noite de São João, no palco do Terreiro de Jesus, no Pelourinho, a cantora Elba Ramalho falou sobre sua relação com a festa junina e com a Bahia. “Eu sempre adorei tocar em Salvador e o São João tem tudo a ver comigo e com tudo o que eu canto. É uma história longa de quase 40 anos e uma relação estreita com o público baiano. Eu canto e me divirto também no São João”, declarou.

No palco, Elba abriu o show levantando o público com clássicos do forró, como ‘São João do Carneirinho’, ‘Me diz, amor’, ‘Você endoideceu meu coração’ e ‘Tareco e Mariola’, além de grandes sucessos da sua carreira, como ‘Bate Coração’.

Animada, a administradora Ana Valéria Peixoto não conhecia o São João realizado na capital, mas esse ano ficou em Salvador, por falta de tempo para viajar. “Gostei bastante da festa aqui no Pelourinho. É a primeira vez que eu venho. Estou encantada. Estou amando”, contou.

A programação do palco do Terreiro de Jesus termina com o show da banda Fulô de Mandacaru, que encerra os festejos juninos no Pelourinho.

Fonte: Secom

domingo, 24 de junho de 2018

A noite do sábado (23), foi de emocionar qualquer UM: 

Depois do show de Flávio José com seu forró romântico que o povo junino ama tanto.
Chegou a vez da Joyce França, cantora e locutora da Andaiá FM,  Joyce França com a proposta "forró das antigas", o jeito envolvente da moça contar e dançar, encanta mesmo. Joyce França é santoantoniense filha de João França e Dona Maria de Lurdes, para quem não conhece parece simples, mais o casal se beija em público o tempo todo, já é uma marca do casal fazer isso naturalmente, para quem assiste é uma coisa tão legal e surpreendente que torna bem mais alegre os momentos em família e reuniões de amigos ou público.

Joyce França tem 16 anos de carreira e não tem medo de encarar grandes palcos pois ela adora um grande público, mete seu forró e sua dança para quem quiser dançar também e se emocionar mesmo, ano passado foi eleita pelo portal saojoaonabahia Cantora Revelação Junina da Bahia, e este ano teve seu show altamente elogiado tanto pela mídia, quantos nas redes sociais.

Além de interpretar sucessos de grandes nomes do forró como Luiz Gonzaga, Elba Ramalho, Dorgival Dantas e Flávio José. Joyce França também canta música de sua autoria. 
Outra forma diferenciada e envolvente uma coisa peculiar da cantora acontecem quando faz show em cidades menores, ela acostuma descer do palco para cantar e dançar junto ao seu público entretanto o resultado é maravilhoso.

Mais um ponto alto no show da moça causando surpresa e emoção a todo público, foi o pedido de Casamento de Adailton e Adrielle, aproveitando o momento romântico clima propício do forró o Jovem Adailton subiu ao palco e pediu a mão da namorada Adrielle em casamento. Após o pedido aceito, os dois se beijaram, se abraçaram demoradamente, e permaneceram no palco dançando ao som da música "Carta Branca", receberam bastante aplausos do público. Em seguido Joyce França convidou seu pai, abraçou beijou, agradeceu a Deus e ao grande público, dessa forma  encerrou o seu show com grande estilo. Veja mais fotos.                   

  




quinta-feira, 21 de junho de 2018

Forte tradição cultural na Bahia, as festas juninas abrangem mais de 300 cidades em todo o Estado e são um produto turístico competitivo que guarda preservadas originais características da celebração regional. Para valorizar ainda mais essa história que inclui Santo Antônio, São João e São Pedro, o Governo do Estado apoia os festejos em mais de 160 cidades. 

A expressividade da festa está demonstrada em estimativa do turismo interno e excursionistas que, juntos, vão somar cerca de 1,5 milhão de pessoas em todo o território baiano, de acordo com estimativa da Secretaria do Turismo da Bahia (Setur). Este período gera receita estimada de R$ 700 milhões e cerca de 140 mil empregos temporários.

Dentre os municípios contemplados pelo apoio do governo estadual estão Amargosa e Santo Antônio de Jesus, responsáveis por algumas das maiores festas do São João da Bahia. As administrações municipais calculam que a festa vai movimentar cerca de 100 mil pessoas em cada município, entre esta quinta-feira (21) e domingo (24).  A taxa de ocupação hoteleira será de 100% nas duas cidades.

Amargosa terá shows a partir desta quinta (21), e a prefeitura estima geração de 500 empregos temporários nos setores de comércio e serviços, além de injetar em torno de R$ 15 milhões na economia. De frente para o palco que vai receber atrações como Flávio José e Elba Ramalho, a Pousada do Bosque teve as 30 suítes reservadas ainda no mês de março. “Abrimos a venda de pacotes no dia 1º de março e no dia 18 já tínhamos garantido 100%”, informa o proprietário Adailson Cerqueira.

Na pousada Joia do Vale, 16 apartamentos estão ocupados.  Restam apenas três para quem ainda procura vagas para hospedagem no município, onde também é realizado o Forró do Piu Piu – festa privada com shows de Wesley Safadão, Dorgival Dantas e Daniel Vieira, na Fazenda Colibri.

Já em Santo Antônio de Jesus, a festa começou na quarta-feira (20) e segue até domingo (24), com apresentações de Luan Santana, Dorgival Dantas e outras atrações. A cidade também sedia o Forró do Lago, festa de camisa com Marília Mendonça e Wesley Safadão.

O período de festas juninas é responsável pela geração de cerca de mil empregos temporários na rede hoteleira, restaurantes, lojas de vestuário, feiras livres e ambulantes, segundo Rui Tourinho, presidente do Sindicato dos Bares, Restaurantes e Hotéis de Santo Antônio de Jesus e região.

Há poucas vagas para quem deixou a organização da viagem para a última hora. O Pena Branca Hotel, por exemplo, ainda tem disponíveis sete apartamentos, com sala e minicozinha, mas o gerente Edmilson Fonseca acredita fechar reservas até o fim de semana. Os demais 98 apartamentos estão reservados. O Parati Palace Hotel figura entre os hotéis lotados, segundo a gerente Lílian Santana.

Repórter: Ana Paula Cabral