Bahiatursa quer transformar o São João da Bahia em festa nacional Vai Bahia

sábado, 11 de março de 2017

Representantes do Consórcio Nippon/Cobrape/Ruschmann e o secretário do Turismo da Bahia, José Alves, assinaram nesta sexta-feira (10) Ordem de Serviço para elaboração do roteiro náutico e cultural na Baía de Todos-os-Santos (BTS), no âmbito do Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). 

O consórcio fará a roteirização de atrativos e proposição das intervenções necessárias, como a implantação de infraestrutura náutica (píeres, atracadouros, bases náuticas), fornecendo os subsídios para a fase de investimentos na baía. 

O secretário José Alves destacou a importância da nova etapa do projeto: “A Setur conduz o Prodetur com máximo empenho, visando não somente à execução de obras físicas, mas também à promoção do desenvolvimento social e econômico das comunidades que habitam os 18 municípios no entorno da BTS”. 

Aprovado pelo BID, o Consórcio Nippon/Cobrape/Ruschmann vai indicar espacialmente uma nova roteirização ou requalificação de roteiro já existente, para a perfeita integração dos atrativos. A etapa seguinte prevê licitação para obras físicas, em um conjunto de ações estruturadas para o desenvolvimento do turismo náutico e cultural na BTS. 

 Repórter: Lenilde Pacheco Foto: Tatiana Azeviche/ setur

sexta-feira, 10 de março de 2017

Praça Pastores da Noite, Pelourinho. Como no romance de Jorge Amado, o cenário perfeito para a ginga e a arte do jogo de capoeira. O espaço público é mais um recuperado por meio do Plano de Reabilitação do Centro Antigo de Salvador. Localizada entre o estacionamento 14-M e a Rua das Laranjeiras, a praça é um importante acesso ao Centro Histórico. Foram realizados serviços de jardinagem, pintura, limpeza, drenagem e recuperação do mobiliário urbano. 

“O Pelourinho respira uma cultura muito grande, é um lugar que tem uma tradição, uma referência mundial. E essa praça hoje em dia respira um pouco isso”, observa Mestre Sabiá, um dos participantes das rodas de capoeira que ocupam o espaço. Já Mestre Nego Ativo destaca o reflexo da revitalização na movimentação do local. “Que ela possa ter vida, [para] esse movimento continuar provocando esse intercâmbio de pessoas, de culturas e de mentalidades. Aqui a gente vê pessoas do mundo inteiro”. 

As melhorias também são motivo de orgulho para moradores e atrativo para visitantes como Cláudia Mafari, moradora de Itabuna, no sul da Bahia. “É a oportunidade de ver que uma praça que é pública está sendo bem utilizada”, afirma. A nova Praça Pastores da Noite é o tema do mais recente de vídeo da série 'Pelas Ruas do Centro Antigo', produzida pela Secretaria de Comunicação Social do Estado (Secom). As obras de requalificação urbana são realizadas pelo Governo da Bahia, por meio da Companhia de Desenvolvimento Urbano (Conder). SETUR

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Internet grátis para compartilhar momentos da folia nas redes sociais está disponível para quem brinca o Carnaval no Pelourinho. Basta se conectar à rede de Wi-Fi “Bahia Todo Mundo Ama” para mostrar aos amigos como é curtir o Carnaval da Bahia. A iniciativa é da Secretaria do Turismo do Estado (Setur) e abrange a área do Terreiro de Jesus.
Pela primeira vez no Carnaval de Salvador, Michele Melo foi uma das turistas que aproveitaram a internet gratuita disponível no Pelourinho neste Carnaval. "Eu estou usando a rede e está tudo bacana. É bom ter acesso à internet e poder postar a festa nas nossas redes sociais", disse a carioca, enquanto fazia fotos com amigos.
Também carioca, Antônio Barros foi só elogios ao serviço de Wi-Fi gratuito. “É muito bom ter esse apoio, porque às vezes a internet do celular não está boa. Conectar aqui ajuda muito”, comentou Barros, que estava acompanhado da mulher e aproveitou para elogiar a festa: "Brincamos e também estamos conhecendo Salvador. Está tudo maravilhoso e muito seguro".
Saiba como conectar - Para acessar, é necessário apenas conectar o dispositivo móvel à rede “Bahia Todo Mundo Ama”. Depois, é preciso curtir a fanpage oficial da Bahia (@turismobahia), no Facebook, e fazer check-in. O acesso ficará disponível para cada usuário por duas horas. Foto:Tereza Torres Setur/Bahia

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Um desfile de cores, sons e fantasias marcou a abertura do Carnaval da Bahia 2017, na noite desta quarta-feira (22), na Praça Municipal, no Centro Histórico. Um encontro de artistas transformou o local num grande baile, relembrando os antigos carnavais. O governador Rui Costa esteve presente e participou da entrega da chave da cidade ao Rei Momo deste ano, Alan Nery.

Na ocasião, Rui destacou o apoio do Governo do Estado ao carnaval do folião pipoca, além da festa tradicional no Pelourinho. “A gente espera que, ano após ano, o carnaval vá retomando as suas origens do carnaval sem cordas, que é um carnaval mais democrático, aberto a toda população. Desejo que seja uma festa de muita alegria, uma festa tranquila para as famílias. O Governo do Estado articulou o financiamento tanto dos blocos tradicionais, que contam a história do nosso povo, mas também as grandes atrações que antes o povo só podia curtir nos blocos privados, do lado de fora da corda”, afirmou o governador.

Acompanhado pelos secretários José Alves (Turismo), Maurício Barbosa (Segurança Pública), Fábio Vilas-Boas (Saúde), Jorge Portugal (Cultura), Bruno Dauster (Casa Civil) e Fabya Reis (Promoção da Igualdade Racial), entre outros, o governador concedeu entrevistas e presenciou a alegria dos foliões, como a turista mineira, Clarice Queiroz. “Essa é a minha segunda vez na Bahia, adoro o carnaval daqui, é uma energia contagiante. Estava vivendo uma grande expectativa desde o ano passado para voltar. Agora é curtir, hoje foi tudo lindo, muito legal”, opinou.

Programação

Da sexta-feira (24), à terça-feira (28) blocos afro, afoxés, de índios, de samba, bandas de sopro e percussão, e demais performances vão ocupar as ruas, becos e praças dentro dos projetos apoiados pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Cultura do Estado (Secult). Neste ano, o projeto Ouro Negro chega à décima edição apoiando 91 entidades, em sua maioria agremiações que desenvolvem, durante todo o ano, trabalhos sociais. No circuito Osmar, que tem início no Campo Grande, o destaque é a quinta-feira do samba. Blocos como Alerta Geral, Pagode Total, Amor e Paixão, Corrente do Samba e Fogueirão reúnem os amantes do mais puro ritmo brasileiro e arrastam mais de 30 mil associados.

Para quem preferir os circuitos fora das cordas, o Carnaval Pipoca abre a folia com microtrios e nanotrios, na sexta-feira (24), no Terreiro de Jesus, no Pelourinho. Por mais um ano, o movimento que tem a criatividade e diversidade como propostas vai embalar o folião nas ruas de Salvador. Nomes como Ivan Huol, Banda Marana, Baiana Folia, Tuk Tuk, Neto Balla, Peu Meurray, Fred Menendez e muitos outros vão levar música de qualidade e alegria a milhares de foliões.

No Pelourinho, um carnaval seguro, democrático, sem trios e cordas, vai movimentar o Centro Histórico durante os cinco dias de folia. Com o tema "50 anos do Tropicalismo", o Carnaval do Pelô vai homenagear o movimento que mudou a cena musical do país. A programação é diversificada e começa na sexta-feira, às 20hs, com o show do Viramundos que reúne Alexandre Leão, Moreno Velloso e Cláudia Cunha e logo após, os tropicalistas Gilberto Gil e Capinam abrem oficialmente o Carnaval da Cultura. A programação completa com as atrações apoiadas pelo governo do estado pode ser conferida no site do Carnaval da Bahia .


Fonte: Ascom Setur e Secom

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

"A nossa prioridade é o Carnaval de rua, sem cordas. Por isso, o Governo do Estado mantém o seu apoio não apenas aos blocos históricos e tradicionais, como os blocos afro, mas também vamos manter o apoio ao Carnaval sem cordas, o Carnaval democrático. Ressaltando que conseguimos articular o apoio de empresas privadas, que vão bancar o custo dos artistas mais renomados", afirmou o governador Rui Costa na apresentação das ações para o Carnaval 2017, na Concha Acústica do Teatro Castro Alves (TCA), nesta terça-feira (13). 

O evento foi conduzido pelo secretário de Cultura do Estado, Jorge Portugal , e incluiu show de Saulo, uma das grandes atrações dos trios sem cordas apoiados pelo Governo da Bahia, além de apresentação da dupla Mainha e Júnior, da página 'Frases de Mainha'. Na plateia estavam estudantes da rede estadual e jovens de projetos sociais apoiados por Bases Comunitárias de Segurança (BCS). 

O Governo do Estado preparou uma programação diversificada para agradar aos baianos e ao 1,5 milhão de turistas que são esperados em todo o Estado. Na capital baiana, além de artistas como Ivete Sangalo, Leo Santana, Anitta e Luiz Caldas, que vão animar a pipoca na Barra-Ondina e no Campo Grande, o Carnaval do Pelô vai contar com 171 shows e performances artísticas em palcos montados nos largos do Pelourinho, do Pedro Archanjo, Tereza Batista e Quincas Berro D’Água.

"Além da hospitalidade e alegria do povo baiano, os turistas que estarão na Bahia para o Carnaval terão ampla e diversificada programação nos vários circuitos, afirmou o secretário estadual do Turismo, José Alves. "Vamos assegurar aos visitantes serviços de qualidade para que possam aproveitar ao máximo a riqueza da cultura baiana que estará nas ruas em forma de música e dança".

Outros setores de serviços essenciais receberão atenção no Carnaval e estarão à disposição do folião durante todos os dias da festa. Na saúde, os principais hospitais da cidade, o Geral do Estado (HGE), Roberto Santos (HGRS), Ernesto Simões (HGES) e Menandro de Faria (HGMF), terão o plantão reforçado. As unidades estarão prontas para receber ocorrências de maior gravidade. Dois postos de testagem para a detecção de HIV/Aids, sífilis e hepatites virais estarão montados em Ondina e na Barra. 

Na segurança pública, a novidade é a participação do monitoramento das ruas e circuitos em tempo real por profissionais do Centro de Operações e Inteligência - 2 de Julho, onde trabalharão 500 profissionais, em esquema de plantão, acompanhando por 250 câmeras tudo que acontece na cidade. Nos 46 portais de abordagem, a inovação do Carnaval 2017 são as câmeras acopladas às estruturas, para acompanhar melhor a entrada e saída dos circuitos. Ao todo, são mais de 25 mil profissionais entre policiais civis, militares, técnicos e bombeiros militares vão atuar no Carnaval em Salvador e em mais 31 municípios do estado.  

Carnaval no interior

E não é apenas na capital, onde o fluxo de pessoas será maior, que tem festa. A folia está garantida em 23 cidades do interior baiano. O tradicional Carnaval de Maragojipe, que reúne cerca de 80 mil pessoas na cidade, recebe apoio da Secretaria de Cultura, além de municípios apoiados pela Bahiatursa, entre eles Madre de Deus, Juazeiro, São Félix do Coribe, Vera Cruz, Paratinga, Porto Seguro, Ilhéus, Itabuna e Marau. 

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Milena Alem, de 21 anos, concorreu com outras 11 mulheres. 
Estudante de odontologia contou ao G1 o que espera do reinado; confira.

Milena Alem, rainha do carnaval de Salvador (Foto: Max Haack/Ag
Eleita rainha do carnaval 2017 de Salvador, a estudante de odontologia Milena Alem, de 21 anos, por pouco não ficou de fora do desfile. Ela se inscreveu na competição na data limite. "Foi tudo de última hora. Me inscrevi no último dia, entrei no último dia. Não tive tempo de me preparar. Foi correria", lembrou.
Em entrevista ao G1, Milena contou que a ideia de participar da disputa partiu de uma tia, que considerou que o concurso poderia dar visibilidade ao início de uma carreira como modelo. "Uma tia minha me incentivou, porque comecei agora a fazer fotos como modelo. Ela disse que seria bom começar a aparecer, ter visibilidade. Tentei e agora estou aqui. Confesso que não esperava", afirmou.
Com 1,66 de altura e 55 kg, Milena Alem considera que está preparada para a maratona que envolve contato oficial com artistas e autoridades, desfile nos circuitos da festa, além participações em programas de TV e rádio.
A disposição tem a ver com a paixão que a jovem tem pelo carnaval. "É um título muito importante. É uma responsabilidade muito grande representar a maior festa do mundo, a melhor festa", atestou.
No sexto semestre do curso de odontologia, a modelo admite que deve enfrentar dificuldades nos próximos dias para conciliar as atividades com a rotina de uma rainha de carnaval. Entretanto, promete fazer um esforço para dar conta de tudo. "Não pode deixar de ir, porque é uma responsabilidade muito grande. Não deixo os estudos de lado. Vou dar um jeito de conciliar", contou.
Ao lado das princesas eleitas - Gleiciele Teixeira Oliveira, de 19 anos, e Eduarda Santos Paixão, de 22 -, Milena Alem disse que terá um reinado marcado pelo amor. "Amo demais o carnaval. Para mim, vai ser um grande prazer”, desejou. Henrique Mendes Do G1 BA
Milena Além Fonseca, no centro, foi eleita a Rainha do Carnaval de Salvador 2017 (Foto: Divulgação)Milena Alem [no centro] ao lado das princesas do carnaval (Foto: Divulgação)

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

A Secretaria de Cultura do Estado (Secult) divulgou nesta terça-feira (7), no Diário Oficial do Estado, a relação das entidades habilitadas pelo projeto Carnaval Ouro Negro 2017. Com investimento de mais de R$ 5 milhões, 91 entidades nas categorias afro, afoxé, samba, reggae e de índio receberão recursos do Governo do Estado para o desfile no Carnaval 2017. Confira o resultado final.

O processo de credenciamento no Ouro Negro 2017 começou no mês de janeiro, tendo como critérios a adequação ao objeto do edital e a entrega e regularidade fiscal dos documentos necessários dentro do prazo estabelecido. Ao todo, foram recebidas 121 inscrições. As 91 agremiações contempladas foram aquelas que apresentaram a documentação completa exigida no edital até os prazos para entrega de recursos.

Através do projeto Ouro Negro, lançado pela Secult no ano de 2008, e coordenado pelo Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI), a Secretaria de Cultura tem promovido uma verdadeira requalificação nos desfiles dos blocos, estimulando a valorização e a preservação da tradição afro no Carnaval, com o desfile com alas e roupas tradicionais, além da renovação dos integrantes destes blocos, com maior presença da juventude. Dentro de suas comunidades, estas entidades contribuem para o desenvolvimento social através da construção de uma cultura cidadã.

O Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI), da Secretaria de Cultura do Estado (Secult) é responsável pela execução, proteção e promoção das políticas públicas de valorização e fortalecimento das manifestações populares e de identidade, orientadas de acordo com o pensamento contemporâneo da Unesco e do Ministério da Cultura. Seu campo de atuação contempla a cultura do sertão, de matrizes africanas, ciganas e indígenas, LGBT, infância e idosos. Coordena o projeto Pelourinho Cultural, responsável pela programação artística dos largos do Pelourinho e suas grandes festas populares.

Fonte: Ascom Secult Foto: Carol Garcia / GovBA- Carnaval Ouro Negro

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Jaguaripe é uma entre as primeiras cidades surgidas no Recôncavo baiano provavelmente início do século XVII (dezessete) seus primeiros habitantes foram surgido dos índios, coisa boa por aqui.O município tem varias festas culturais durante o ano, a cidade de Jaguaripe é um cenário arquitetônico, parece um museu a céu aberto, além disso, sua população tem um carisma sensacional. Levando tudo isso em conta o ex-prefeito Heráclito Arandas entendeu que uma festa de palco em médio porte iria atrair mais visitantes e turistas para a cidade durante o mês de Janeiro já que os outros acontecimentos são eventos culturais como o Gaspí, Regata dos Navegantes e tal, a festa de palco é batizada como Festa de Janeiro que vem crescendo com evolução do seu sucesso, por isto ganhou uma arena nova e ampliada para caber tanta gente, festa conta com estrutura de médio porte como palco camarins, camarotes, ferinha de artes, praça de alimentação que atende satisfatoriamente o publico.O prefeito Hunaldo Simões curtiu a maior parte da festa no camarote abraçando parentes, amigos e políticos regionais.
A Festa de Janeiro é uma grande oportunidade para você conhecer a sede do município e ficar pertinho de autoridades e artistas nacionais, este ano quem se destacou entre as autoridades foi o prefeito mais novo do Brasil o jovem advogado 23 anos, excelentíssimo senhor prefeito do município de Itaquara/Bahia Marcos Aurélio Wanderley Cruz Costa, muito simpático Marcos adquiriu muitos fãs, fotografou a vontade e curtiu a festa. 

A festa este ano contou com as presenças briosas dos artistas nocionais do Brasil. O povo curtiu duas noites até o dia clarear e quem fez acontecer: Primeiro o romântico JAU abriu a festa, a seguir veio a irreverente Gilmelândia, a sofrencia do Sem Retoque, o reggae do Rei Edson Gomes, e a zoeira musical de Léo Santana que com o exibicionismo dos seus músculos e suas danças eróticas surgia à explosão de sua voz, juntamente com o publico todo seu fecharam a Festa de Janeira de 2017 com louvores e aprovação total do publico. Parabéns Jaguaripe.  
Veja mais fotos da festa por Roque Medeiros/vaibahia 

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Os principais atrativos turísticos da Bahia vão ser apresentados este ano, pela Secretaria do Turismo/Bahiatursa, em cerca de 60 eventos nacionais e internacionais, em 2017. Estados como São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pernambuco e Rio Grande do Sul, além do Distrito Federal, terão feiras com a presença da Bahia, apresentando suas belezas naturais.

Países como Argentina, França, Estados Unidos, Itália, Alemanha, Chile, Espanha, Portugal e Inglaterra estão no calendário de ações da Diretoria de Promoções da Bahiatursa. "A estratégia é divulgar a Bahia principalmente nos mercados emissores de turistas”, afirmou o secretário estadual do Turismo, José Alves.

Em 2016, a Bahia recebeu 600 mil visitantes estrangeiros e mais de 14 milhões de visitantes brasileiros. “O fluxo global de turistas demonstra a vitalidade deste setor impulsionado por políticas públicas do governo estadual", acrescentou o secretário. "Investimos no marketing participando de mais de 30 eventos nacionais e internacionais, no ano passado”.

Ocupação hoteleira

Praia do Forte, Trancoso, Morro de São Paulo, Barra Grande e Lençóis estão na preferência dos turistas quando o assunto é Bahia. De acordo com dados do setor de estatística da Secretaria do Turismo (Setur), mais de 5 milhões de turistas devem passar pelo estado no verão 2017. Entre as 13 zonas turísticas, diversos municípios têm ocupação hoteleira entre 95% e 100%, como Porto Seguro, Mata de São João, Cairu, Maraú e Lençóis.

Fonte: Setur/Bahiatursa