Bahiatursa quer transformar o São João da Bahia em festa nacional Vai Bahia

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Toda a fé do baiano se manifesta no ciclo de festas populares, desde as comemorações dos orixás do candomblé, quando todos os terreiros da cidade batem seus tambores para seus filhos-de-santo dançarem, até as festas da religião católica, que ganham um cunho profano com muito samba-de-roda e barracas padronizadas que servem bebidas e comidas variadas.
Esse clima de festa impregna toda a cidade, desde a manhã até a noite, mas no início de dezembro, a programação se intensifica. O ciclo tem início no dia 4 de dezembro, com a Festa de Santa Bárbara, e tem seu ápice da Lavagem do Bonfim, na Festa de Iemanjá e no Carnaval. Atualmente, as mais tradicionais são: Bom Jesus dos Navegantes, Lavagem do Bonfim e Iemanjá. Veja a seguir o calendário festivo:

segunda-feira, 22 de agosto de 2016


Com um percurso ímpar, a tradicional regata Aratu-Maragojipe acontece neste fim de semana com a participação de centenas de velejadores procedentes não só da Bahia, como também de outros estados e países. A largada acontece no sábado (20), nas proximidades da Ilha de Maré, de onde eles seguirão navegando por águas da Baía de Todos-os-Santos. Percorrerão as águas próximas da Ilha de Itaparica, Ilha dos Frades e Reserva Ambiental Ilha do Medo, até alcançar a Barra do Paraguaçu.
Grande número embarcações como veleiros de oceano, escunas à vela e os tradicionais saveiros são esperados pelos organizadores da regata, que tem o apoio da Secretaria de Turismo/Bahiatursa.
Em edições anteriores, o evento atraiu os irmãos Lars e Torben Grael, Izabel Pimentel, Aleixo Belov e Julio Estevez, dentre outros. A expectativa é de que mais de 500 embarcações - incluindo francesas, argentinas e norte-americanas - acompanhem o exclusivo percurso entre o mar da Baía de Todos-os-Santos e o Rio Paraguaçu. 
Ocupação hoteleira
Os velejadores participam também da festa de São Bartolomeu, que acontece na cidade de Maragojipe, linha de chegada da regata. A festa inclui música, religiosidade, gastronomia e artesanato do Recôncavo Baiano. A cidade deve receber 10 mil visitantes, de acordo com a prefeitura municipal. 
A movimentação de turistas faz a alegria dos comerciantes do município. No Hotel Maragojipe, com 64 apartamentos, as reservas antecipadas garantiram 100% da ocupação. Na pousada Oxumaré, o gerente Adalberto Soares registra 72% de ocupação, mas espera chegar a 100% com as reservas de última hora.
Prodetur
A cidade é uma das 18 que serão beneficiadas pelo Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur Nacional), com investimentos nos segmentos náutico e cultural na zona turística Baía de Todos-os-Santos.

Repórter: Ana Paula Cabral setur.ba.gov.br

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Edição deste ano traz os estreantes no FIB Djavan, Baiana System, Legião Urbana, Paula Toller e Marcos & Belutti.

O público vai arrepiar, e não é por conta do frio. O line up do Palco Principal do Festival de Inverno Bahia (FIB) deste ano mantém a tradição da diversidade e brinda o público com grandes nomes da música brasileira – artistas de longa trajetória e novas apostas que estão fazendo a cabeça da galera. A 12ª edição do FIB acontece nos dias 26, 27 e 28 de agosto no Parque de Exposições Teopompo de Almeida, em Vitória da Conquista. G1/Bahia
Grade Fib 2016 (Foto: Arte/ Divulgação)

domingo, 24 de julho de 2016

Uma equipe do governo baiano participará de uma Missão Técnica ao Reino Unido com o objetivo de conhecer de perto as experiências britânicas em parceria público-privada (PPP) e apresentar a potenciais investidores o projeto de mobilidade urbana (Metrô/VLT) no transporte de Salvador. A visita será realizada entre segunda-feira, 25, e o dia 29 de julho.

As parcerias que resultaram na missão foram articuladas pela RedePPP, coordenada pela Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia e reúne mais de 30 organizações brasileiras, entre estados, municípios, órgãos federais e agências de fomento.
"Esse tipo de iniciativa é importante porque as PPPs são a melhor estratégia para a melhoria e ampliação em áreas de infraestrutura, logística e saúde. Neste sentido as experiências da Bahia com PPPs (Hospital do Subúrbio, Fonte Nova e metrô) demonstram o sucesso desse tipo de parceria", destaca Paulo Guimarães, superintendente da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE).
Guimarães compõe a comitiva estadual, em conjunto com a assessora de Assuntos Internacionais do Governo, Fernanda Régis, e Camila Silva, da coordenação de PPPs da Secretaria da Fazenda.
Pautada na troca de experiências práticas, a missão terá ainda a participação de líderes e gestores envolvidos na formulação e na implementação de projetos de PPP em outros estados e municípios brasileiros.
Roteiro
O roteiro da missão prevê visitas técnicas e encontros com especialistas e potenciais investidores, com o objetivo de atrair empresas para participar de oportunidades em PPPs e concessões em estados e municípios brasileiros. A programação também inclui reuniões entre representantes de estados e companhias brasileiras e de companhias e investidores britânicos.
A missão conta com recursos do Prosperity fund, fundo formado com 0,08% do total de receitas do Reino Unido e destinado a dar suporte a iniciativas do setor público em países subdesenvolvidos e em desenvolvimento.
A iniciativa é da  Embaixada Britânica no Brasil em parceria com a London School of Economics and Political Science, a Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo e a Rede Intergovernamental para o Desenvolvimento das PPPs. A Tarde

domingo, 10 de julho de 2016

Festival de Inverno Bahia mantém a tradição da diversidade com grandes nomes da música brasileira.
O público vai arrepiar, e não é por conta do frio. O line up do Palco Principal do Festival de Inverno Bahia (FIB) deste ano mantém a tradição da diversidade e brinda o público com grandes nomes da música brasileira – artistas de longa trajetória e novas apostas que estão fazendo a cabeça da galera. A 12ª edição do FIB acontece nos dias 26, 27 e 28 de agosto no Parque de Exposições Teopompo de Almeida, em Vitória da Conquista.
Na noite de sexta-feira, 26, sobe ao palco um dos mais prolíficos compositores da música popular brasileira. Djavan estreia no FIB com a turnê Vidas pra contar, 23º álbum de sua discografia. Além de canções do novo disco, aclamado pela imprensa especializada, o repertório do espetáculo inclui também sucessos do artista alagoano, que completou 40 anos de carreira em 2015, ano em que também foi agraciado com o Grammy Latino de excelência musical, em homenagem ao conjunto de sua obra.
Lulu Santos se apresenta com seu novo show, “CLUBELUX”. O novo espetáculo de Lulu e sua banda Estrelar atualiza os clássicos do mestre pelo filtro urbano contemporâneo de seu último disco, Luiz Maurício, incluindo novidades como “Sócio do Amor” e “Luiz Maurício”.
A noite de abertura promete com o retorno de Nando Reis ao FIB. Sua última participação foi em 2011. O artista desembarca com SEI, turnê que já passou por 25 estados. O show contempla algum dos sucessos do álbum como “O que eu só vejo em você”, “Declaração de amor”, a faixa título “Sei”, além de grandes sucessos da carreira como “Os cegos do castelo”, “Sou dela”, “All star”, “O segundo sol”, “Relicário”, “Marvin”, entre outras.
Sábado plural – No sábado, 27, Biquini Cavadão se reencontrará com o fiel público do FIB. A banda se apresentou pela última vez no festival em 2012 e a plateia já estava com saudades. Na edição deste ano, eles trazem a turnê Me Leve Sem Destino, que celebra os 30 anos de carreira do grupo que surgiu na década de 1980, conquistou a consagração nos anos 1990 e se reinventa no século 21. No show, Biquini Cavadão apresenta ainda a música inédita “Livre”, composta durante as manifestações de julho de 2013.
Na mesma linha pop rock, Capital Inicial traz para o público uma releitura dos últimos 15 anos de sua trajetória, que teve como marco o Acústico MTV, trabalho considerado uma reinvenção na trajetória da banda de Brasília, fidelizando o público e conquistando novos fãs. Agora, eles apresentam o Acústico NYC, uma espécie de revisão desse segundo e glorioso momento do Capital. Além dos hits obrigatórios, a plateia pode aguardar por canções de álbuns recentes que não foram trabalhadas como singles, mas mereciam uma nova chance.
De volta ao FIB, a galera do Natiruts promete um show original com relevantes composições que bateram e ainda batem forte no peito de quem curte um bom reggae. Eles vêm com a turnê Natiruts Reggae Brasil, na qual contam a história do reggae nacional.
A trupe que causou no último carnaval de Salvador é uma das debutantes no FIB. Baiana System, que também se apresenta no sábado, vem para o Festival com um som antropofágico que mescla Bahia e Jamaica, com direito a axé, Dorival Caymmi, os californianos malucos do Death Grips e uma das lendas do reggae, Lee Scratch Perry, além de outras referências inusitadas. O grupo desponta na nova cena da música baiana e nacional com uma batida insólita no melhor estilo ‘música sem fronteiras’.  
Noite de debutantes – O último dia do FIB, 28, é pra abalar o coração e cantar junto todas as canções com Paula Toller. A cantora chega a Conquista com o seu show Transbordada, que faz parte da turnê do trabalho solo da compositora, que inclui grandes sucessos do Kid Abelha e sua carreira solo. Figura central do Kid Abelha (única banda da Era de Ouro da geração 80 liderada por uma mulher), Paula Toller esteve à frente do grupo em 2012, no projeto Multishow ao Vivo - Kid Abelha 30 Anos, que se apresentou pelas principais capitais do Brasil sempre com lotação esgotada.
Vai rolar coro do público também com Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá em Legião Urbana 30 Anos. Os próprios músicos explicam que não se trata de um retorno da Legião Urbana. Como já disseram inúmeras vezes, a Legião - como banda - acabou junto com a morte do Renato Russo, em 1996. O projeto consiste num show em que Dado, Bonfá e músicos convidados tocam o primeiro disco da banda, lançado em 1985, também chamado de Legião Urbana. Além do álbum, executado na ordem original, Legião Urbana 30 Anos traz também alguns dos clássicos da banda.
Marcos & Belutti é outra novidade do line up. Com sete anos de estrada, a dupla comemora a boa fase na carreira com o último trabalho. O acústico Tão Feliz foi gravado em meio a cenário diferenciado e intimista e contou com participações de Wesley Safadão e do grupo Roupa Nova. É essa energia que Marcos & Belutti prometem ao público do FIB.
#Arrepia
O FIB acontece nos dias 26, 27 e 28 de agosto, no Parque de Exposições Teopompo de Almeida, em Vitória da Conquista. A produção da festa é assinada pela Icontent e TV Sudoeste, ambas da Rede Bahia, tem o patrocínio da Fainor e conta com o apoio da Wizard e da Consultant IT.

SERVIÇO
Festival de Inverno Bahia 2016
Quando: 26, 27 e 28 de agosto.
Onde: Parque de Exposições Teopompo de Almeida, em Vitória da Conquista.
Palco Principal: Djavan; Lulu Santos; Nando Reis; Biquini Cavadão; Capital Inicial; Natiruts; Baiana System; Paula Toller; Legião Urbana; Marcos e Belutti.
Classificação: 16 anos.

quinta-feira, 7 de julho de 2016

G1 listou algumas dicas com principais atividades de lazer na cidade.
Bares, cafés e restaurantes estão entre opções gastronômicas variadas


Vitória da Conquista (Foto: Paulo Nunes)
Se no mês de agosto Vitória da Conquista se confunde com o Festival de Inverno Bahia (FIB), é verdade também que vivenciar o evento é poder aproveitar um pouco do que a cidade fria mais quente do estado pode oferecer. Por isso, aqui vai um pequeno guia de como aproveitar ainda mais o final de semana do Festival.
Desde as primeiras horas da manhã é possível circular pelos 25 quilômetros de ciclovias espalhadas pela cidade, com pistas paralelas de corrida. São muitas as pessoas que se dedicam a caminhar, correr e pedalar pela cidade, com grupos organizados ou não, e todos eles são simpáticos e acolhedores. Ótimo lugar para conhecer pessoas. Algumas academias também disponibilizam profissionais de educação física para orientar gratuitamente os esportistas nestes percursos.
Gastronomia
Encontrar os amigos, tomar um café, saborear um bom prato, degustar uma boa cerveja, normalmente são pedidas para um bom happy hour, mas em Conquista pode ser também uma ótima programação de aquecimento para o FIB.
Durante o dia, uma boa pedida é frequentar o entorno da avenida Olivia Flores, um dos lugares mais conhecidos da cidade. Fica bem próximo do Parque onde ocorrerá o evento. Não tem erro. Há uma diversidade de bares, cafés e restaurantes (muitos deles com música ao vivo) com os mais variados cardápios e nacionalidades: japonesas, mexicanas, árabes, iranianas, chinesas... e brasileiras, lógico. Confiram os sushis e um prato chamado quesadilla, feita com tortillas recheadas e grelhadas para fundir o queijo.
Para quem gosta, também é possível encontrar das bebidas mais populares a vinhos, chopes e cervejas artesanais. O menu ainda pode incluir uma boa safra de cachaças nacionais. Só não vale exagerar. Do lado oeste da cidade, existe uma série de bons bares e restaurantes, especialmente na avenida Frei Benjamim, próximo ao Seminário N. Sra. de Fátima.
As melhores pedidas são as pizzarias (com massa fina ou grossa ao gosto do freguês), mas não deixem de perguntar onde comprar os melhores acarajés. Os lugares têm sempre muita gente, todos os dias do final de semana. A programação mais light pode ficar por conta da feiras livres, pela manhã, para comprar os famosos (e sortidíssimos) biscoitos de goma conquistenses, vendidos na Ceasa do centro, no sábado, e no bairro Brasil, no domingo.
Vale também um passeio vespertino pela praça Tancredo Neves, uma das mais bonitas do estado, ou mesmo um cineminha no shopping. Só não vale perder a hora do Festival, que começa na sexta-feira (26), no Parque Teopompo de Almeida, com o melhor da música pop nacional.
G1 listou algumas dicas com principais atividades de lazer na cidade.
Bares, cafés e restaurantes estão entre opções gastronômicas variadas


Vitória da Conquista (Foto: Paulo Nunes)
Se no mês de agosto Vitória da Conquista se confunde com o Festival de Inverno Bahia (FIB), é verdade também que vivenciar o evento é poder aproveitar um pouco do que a cidade fria mais quente do estado pode oferecer. Por isso, aqui vai um pequeno guia de como aproveitar ainda mais o final de semana do Festival.
Desde as primeiras horas da manhã é possível circular pelos 25 quilômetros de ciclovias espalhadas pela cidade, com pistas paralelas de corrida. São muitas as pessoas que se dedicam a caminhar, correr e pedalar pela cidade, com grupos organizados ou não, e todos eles são simpáticos e acolhedores. Ótimo lugar para conhecer pessoas. Algumas academias também disponibilizam profissionais de educação física para orientar gratuitamente os esportistas nestes percursos.
Gastronomia
Encontrar os amigos, tomar um café, saborear um bom prato, degustar uma boa cerveja, normalmente são pedidas para um bom happy hour, mas em Conquista pode ser também uma ótima programação de aquecimento para o FIB.
Durante o dia, uma boa pedida é frequentar o entorno da avenida Olivia Flores, um dos lugares mais conhecidos da cidade. Fica bem próximo do Parque onde ocorrerá o evento. Não tem erro. Há uma diversidade de bares, cafés e restaurantes (muitos deles com música ao vivo) com os mais variados cardápios e nacionalidades: japonesas, mexicanas, árabes, iranianas, chinesas... e brasileiras, lógico. Confiram os sushis e um prato chamado quesadilla, feita com tortillas recheadas e grelhadas para fundir o queijo.
Para quem gosta, também é possível encontrar das bebidas mais populares a vinhos, chopes e cervejas artesanais. O menu ainda pode incluir uma boa safra de cachaças nacionais. Só não vale exagerar. Do lado oeste da cidade, existe uma série de bons bares e restaurantes, especialmente na avenida Frei Benjamim, próximo ao Seminário N. Sra. de Fátima.
As melhores pedidas são as pizzarias (com massa fina ou grossa ao gosto do freguês), mas não deixem de perguntar onde comprar os melhores acarajés. Os lugares têm sempre muita gente, todos os dias do final de semana. A programação mais light pode ficar por conta da feiras livres, pela manhã, para comprar os famosos (e sortidíssimos) biscoitos de goma conquistenses, vendidos na Ceasa do centro, no sábado, e no bairro Brasil, no domingo.
Vale também um passeio vespertino pela praça Tancredo Neves, uma das mais bonitas do estado, ou mesmo um cineminha no shopping. Só não vale perder a hora do Festival, que começa na sexta-feira (26), no Parque Teopompo de Almeida, com o melhor da música pop nacional.

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Tocha vai refazer percurso do Batalhão Libertador até Pirajá, em Salvador.
Ato cívico representa união dos povos que lutaram pela independência.


Para dar início às comemorações do Dois de Julho, data em que é celebrada a independência da Bahia, um ato cívico foi realizado pela população de Cachoeira, cidade do recôncavo baiano, nesta quinta-feira (30).
Depois de receber a bênção na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário, uma tocha com fogo simbólico, que representa a união dos povos que lutaram pela independência, deixou o centro da cidade e seguiu com destino a Salvador.

A tocha vai refazer o percurso dos soldados do Batalhão Libertador e será conduzia por soldados do exército e atletas de Cachoeira.

O primeiro atleta a conduzir a tocha foi veterano Zé de Zuza, atleta mais antigo da cidade. Antes da missa, ele falou sobre o privilégio. "Já estou fazendo 25 anos conduzindo a tocha. Estou feliz da vida", disse.

Saindo de Cachoeira a tocha passa ainda por Saubara, Santo Amaro da Purificação, São Francisco do Conde, Candeias, Simões Filho, até chegar no bairro de Pirajá, em Salvador, onde será comemorado os 193 anos da independência do Brasil, na Bahia.

No sábado (2) e domingo (3), a cidade cedia o tradicional festejo de São Pedro do Iguape. Confira a programação do evento:
SÁBADO (2):

14h - Quadrilha Raízes
15h - Quadrilha Girassol
16h - Só as Cabeças
18h - Colher De Pau
20h - Os Bantos
22h - Sempre Envolvente
00h - Danton
02h - Virgílio

DOMINGO (3):

14h - Samba de Roda Suspiro do Iguape
16h - Edson Gomes
18h - Samba de Roda Geração do Iguape
20h - Jefinho e o Bonde G1/Bahia

Estão abertas as inscrições para qualificação gratuita de atendimento ao turista. O curso, oferecido pelo Ministério do Turismo, em parceria com a Secretaria de Turismo da Bahia, vai contemplar funcionários de hotéis, pousadas, bares, restaurantes, lanchonetes e quiosques, vendedores ambulantes, incluindo food trucks, da capital baiana. Prestadores de informações turísticas como guias e agentes de policiamento também podem participar. O prazo máximo para se inscrever é até a próxima segunda-feira (4 de julho).
Para participar, basta se cadastrar no site http://bracosabertos.turismo.gov.br. As aulas, na modalidade de ensino a distância, devem ser assistidas via internet, no mesmo site, com o uso de dispositivos como computador, tablet ou celular tipo smartphone. Não há limite de vagas, e o início do curso é imediato. Ao todo, serão 80 horas de aulas ministradas pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro e disponibilizadas via web.
Além de Salvador, que recebe 10 jogos das seleções masculinas e femininas de futebol na Arena Fonte Nova, no período de 4 a 13 de agosto, profissionais do Rio de janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Manaus e São Paulo devem se inscrever. As temáticas abordadas no curso são hospitalidade e qualidade no atendimento; manipulação e segurança alimentar; sustentabilidade e acessibilidade; prevenção à exploração sexual de crianças e adolescentes; e língua estrangeira (inglês instrumental). Mais informações pelo e-mail canalbracosabertos@turismo.gov.br. setur/BA