Bahiatursa quer transformar o São João da Bahia em festa nacional Secretaria de Turismo do Estado (Setur) fazendo qualificação de destinos turísticos no interior baiano ~ Vai Bahia

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Promover o potencial turístico e o incrementar da qualidade dos serviços em destinos do interior do estado estão entre as ações da Secretaria de Turismo do Estado (Setur) para 2017. Com este objetivo, o secretário estadual de turismo, José Alves, iniciou o ano visitando o município de Morro do Chapéu, localizado a cerca de 400 quilômetros de Salvador, na Chapada Diamantina.

'Nossa intenção é atuar junto aos novos prefeitos e gestores municipais de turismo para estruturar a atividade turística e dar mais visibilidade aos destinos da Bahia. Com isso, vamos mapear atrativos e avaliar o potencial de localidades nas 13 zonas turísticas do Estado', explica o secretário.
Ainda de acordo com José Alves, as visitas vão incluir o trabalho de identificação da demanda por qualificação profissional e empresarial. 'Entendemos que, com a oferta de bons serviços e atendimento de qualidade, podemos conquistar o turista e gerar novas oportunidades de emprego e renda para as comunidades', assinala.
A Costa do Cacau e as regiões dos lagos e cânions e vale do São Francisco devem ser as próximas a ser visitadas pelo secretário e equipe da Secretaria de Turismo do Estado (Setur).

Ações na Chapada Diamantina - Recentemente, a Setur realizou ações de atualização da oferta hoteleira, controle de qualidade dos meios de hospedagem e vistorias em empresas de turismo de 19 municípios da Chapada Diamantina. Em Morro do Chapéu, 15 hotéis e pousadas foram identificados, com um total de 729 leitos disponíveis para visitantes.
As ações incluíram ainda a análise das instalações, responsabilidade social e gestão dos empreendimentos, bem como o estímulo para que empresas façam e atualizem o registro no Sistema Nacional de Cadastro dos Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur), vinculado ao Ministério do Turismo.

Morro do Chapéu - O clima ameno, mesmo durante o verão, propicia o plantio de frutas como maçã, pêssego, morango, pinha, ameixa e uva em Morro do Chapéu, que está a cerca de mil metros acima do nível do mar. No caso das uvas, há a iniciativa de produtores para elaboração de vinhos e espumantes no município. Uma cooperativa está sendo criada para a produção de vinhos na Chapada Diamantina em associação com produtores franceses.
O território de Morro do Chapéu tem cachoeiras, com destaque para a do Ferro Doido, com cerca de 120 metros de queda d’água. Grandes paredões, desfiladeiros e grutas formam a paisagem que encanta pela diversidade de belezas naturais e convida para o ecoturismo em Morro do Chapéu. O ambiente é propício para a prática de rapel, mountain bike, trekking e cavernismo.

04/01/2017
Ascom/Setur

0 comentários: